Pesquisar no Site

 
 
  ATENÇÃO!
Se você sofreu algum tipo de violência ou tem dúvidas a esclarecer a esse respeito,
entre em contato com o 180
- Central de Atendimento à Mulher - funciona 24 horas e a ligação é gratuita.
   




Notícias
SES firma parceria com canadenses para desenvolvimento de ações em Saúde Mental
Publicada em 12-05-2011
SES firma parceria com canadenses para desenvolvimento de ações em Saúde Mental

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) e o Centro de Adicção e Saúde Mental (CAMH, sigla em inglês) de Toronto, no Canadá, firmaram, nesta terça-feira, 10, uma nova parceria de cooperação para desenvolver ações na área de Saúde Mental durante a atual gestão do Governo do Estado. Também participaram da reunião os representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aracaju e Secretaria de Estado da Inclusão e Desenvolvimento Social (Seides).

Na reunião, conduzida pelo secretário adjunto de Estado da Saúde, Jorge Viana, foram consensuados três pontos que serão desenvolvidos como políticas pela SES e tema de estudo para o CAMH: crack e outras drogas, violência contra as mulheres e crianças e direitos humanos.

Segundo David Souza, diretor de Atenção à Saúde da SES, a parceria com o CAMH ajudará o Estado a superar alguns desafios colocados para a atual gestão. “Primeiro, vamos fazer um plano de ação relacionado aos três eixos aqui pactuados. Depois, o desafio será colocar os planos em prática, como, por exemplo, o combate à alta incidência de violência contra a mulher e a baixa notificação, e a redução e o manejo da dependência do usuário de crack e outras drogas”, disse.

Ainda de acordo com o diretor de Atenção à Saúde da SES, a integração com o CAMH também é uma troca de tecnologia no cuidado à saúde do cidadão. “Eles poderão nos apresentar ferramentas e tecnologias já usadas para combater o crack, outras drogas e a violência contra a mulher. Todas essas ferramentas e tecnologias serão adaptadas para nossa cultura e necessidades”, explicou David Souza.

Para Ana Raquel Santiago, diretora de Atenção Psicossocial da SES, os objetivos dos trabalhos em conjunto de redução do uso de crack e outras drogas, a violência contra a mulher e o respeito aos direitos humanos, se darão através da elaboração de metas. “Até novembro deste ano teremos as metas dos três eixos elaboradas para serem executadas nos próximos um ou dois anos com o CMBH”, disse.

Contrapartida

De acordo com David Souza, para que haja plena cooperação entre as duas instituições, é necessário que a SES dê a contrapartida dela. “Eles vieram nos oferecer cooperação para nos ajudar e nós abriremos as portas dos nossos serviços para fins de pesquisas dos canadenses. Assim, vamos planejar conjuntamente com eles as políticas de Estado para os três eixos, explicou. 

Primeira etapa do CAMH em SE

O CAMH de Toronto, uma das principais instituições da América do Norte em termos de Saúde Mental, uso de drogas, educação e combate ao crime, está ampliando a parceria com Sergipe, uma vez que a primeira etapa esteve focada ao uso de droga através do treinamento de profissionais dos Centros de Atenção Psicossocial, Atenção Primária, entre outros.

Segundo o diretor Internacional de Programas de Saúde do CAMH, Akwatu Khenti, o estado de Sergipe é um dos locais mais comprometidos com a Saúde Mental, por isso, o interesse do CAMH em ampliar a parceria. “Na avaliação que fizemos dos nossos primeiros trabalhos na área de drogadição, através dos profissionais capacitados, sentimos que podemos implementar mais do que treinamento, mas sim uma parceria multifacetada voltada para a mudança de realidade da comunidade ”, afirmou Khenti.

Fonte: FAXAJU
 
 
 
Início