Pesquisar no Site

 
 
  ATENÇÃO!
Se você sofreu algum tipo de violência ou tem dúvidas a esclarecer a esse respeito,
entre em contato com o 180
- Central de Atendimento à Mulher - funciona 24 horas e a ligação é gratuita.
   




Notícias
ANGOLA - Mulheres no Cunene chamadas a denunciarem actos de violência doméstica
Publicada em 28-04-2011
Mulheres no Cunene chamadas a denunciarem actos de violência doméstica 

 
Ondjiva – O jurista Joaquim Panzo apelou nesta quarta-feira, na cidade de Ondjiva, capital do Cunene, às mulheres a denunciarem todo acto de violência doméstica no seio da família, com vista a reforçar acções na luta contra este fenómeno.
 
O responsável fez este apelo quando dissertava numa palestra sobre “Violência Doméstica”, durante a qual disse que as mulheres, sendo a parte mais atingida por estes actos, devem denunciar os infractores para serem punidos.  
 
A redução da violência doméstica é um elemento indispensável para a construção de uma sociedade harmoniosa, fundada na dignidade da pessoa humana, daí a necessidade do envolvimento de todos na promoção e execução de políticas que asseguram a efectiva massificação e promoção da mulher, sublinhou.
 
Referiu que muitas mulheres ignoram a denúncia de casos de violência doméstica no lar, por medo e por sentirem-se desprotegidas, uma vez denunciando o seu parceiro, mas que devem vencer esta barreira, para que esta prática seja combatida por todos.
 
Joaquim Panzo frisou que outra questão é a necessidade da assistência psicológica de quem denuncia, na intenção de preparar a ofendida e o agressor na sua relação futura, após resolvido o caso, para que a convivência seja passiva.
 
Angola Press
Fonte: ANGOP Agência AngolaPress
 
 
 
Início