Pesquisar no Site

 
 
  ATENÇÃO!
Se você sofreu algum tipo de violência ou tem dúvidas a esclarecer a esse respeito,
entre em contato com o 180
- Central de Atendimento à Mulher - funciona 24 horas e a ligação é gratuita.
   




Notícias
UBM-RJ debate violência contra a mulher e políticas públicas
Publicada em 02-04-2011
UBM-RJ debate violência contra a mulher e políticas públicas

A União Brasileira das Mulheres – seção Rio de Janeiro (UBM-RJ) – realizou no dia 30, no auditório do Sindsprev, o seminário Violência contra a Mulher e Monitoramento do II Plano Nacional de Políticas para Mulheres. Além do debate sobre os dois temas, o evento contou com explanações sobre a conjuntura nacional e o resgate da trajetória da UBM.

A UBM-RJ, em parceria com a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), participa do Projeto Fortalecer o Controle Social, que é realizado em mais 16 capitais. O objetivo é auferir os entendimentos sobre as Políticas para Mulheres expressas no II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres (PNPPM). Para tanto, é realizado junto a gestores de atendimento as mulheres, lideranças de organizações feministas e usuários dos serviços, contribuindo assim para o fortalecimento de organismo de controle social – Secretarias de Educação, Saúde, Delegacias da Mulher. Também inclui pesquisa junto às mulheres (por amostragem) para investigar a percepção delas sobre o entendimento das políticas públicas nacionais para as mulheres, contribuindo, dessa forma, para os enfrentamentos destes problemas e o avanço ao combate às desigualdades e à discriminação de gênero.

O seminário faz parte de uma das etapas deste Projeto da SPM. A Abertura foi realizada pela coordenadora estadual da UBM, Irene Cassiano. Irene apresentou aos presentes como o projeto está sendo desenvolvido no Rio de Janeiro, mostrando como as pesquisas dos equipamentos sociais da cidade estão sendo realizadas. 

A presidente estadual do PCdoB, Ana Rocha, fez uma exposição sobre a conjuntura atual, ressaltando a importância da participação da mulher nas instâncias do poder. Também falou sobre a situação atual do país com a presença de uma presidenta (Dilma Rousseff), a sobrecarga e invisibilidade do trabalho da mulher, as principais bandeiras de lutas e os avanços obtidos com a presença de um governo progressista.

A trajetória da UBM foi resgatada pela coordenadora estadual da UBM, Helena Piragibe. Helena explicou o papel da UBM na sociedade, elencou os principais objetivos da entidade, a forma de atuação e apresentou os projetos desenvolvidos em nível nacional e no estado, como é o caso dos projetos ‘Mãos Amigas’ e ‘Registros e Diálogos’, também em parceria com a SPM. 

A coordenadora lembrou ainda que a UBM encontra-se organizada nos municípios de Belford Roxo, Cabo Frio, Campos, Duque de Caxias, Itaboraí, Macaé, Mangaratiba, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Queimados, Rio de Janeiro e São Gonçalo. “Estamos também com demanda de ampliação de mais Núcleos, como Angra dos Reis, Araruama, Mesquita, Saquarema, São João de Meriti e Volta Redonda”, destacou. 

Para finalizar, a coordenadora nacional da UBM, Elza Maria Campos, fez a apresentação do II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres e falou sobre as propostas do Projeto Fortalecer o Controle Social nas Ações do PNPPM. Elza explicou os objetivos do Plano e as ações desenvolvidas pela Secretaria de Políticas para Mulheres. 

Congresso da UBM e Conferência das Mulheres 

Elza falou ainda sobre o 8º Congresso Nacional da UBM, evento que será realizado nos dias 10,11 e 12 de junho deste ano. A III Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, realizada pela SPM, será no segundo semestre: dias 12, 13 e 14 dezembro. 

Após as exposições das palestrantes, foi dada a palavra às participantes. Houve ainda diversas manifestações de filiação à UBM e também o interesse pela criação de núcleos em diversos municípios. Na ocasião, foi apresentado o Projeto “Artesãs de Vila Kennedy", que é realizado por mulheres da comunidade Vila Kennedy.

Além das convidadas citadas, a atividade contou com a presença de 60 lideranças comunitárias, das coordenadoras e equipe de trabalho da UBM, de representantes da Unegro e dos gabinetes da deputada federal Jandira Feghali e da deputada estadual Enfermeira Rejane. Representantes dos municípios do Rio de Janeiro, Macaé, Belford Roxo, Raiz da Serra, Mesquita, Itaboraí, Mangaratiba também estiveram presentes.
Fonte: Vermelho
 
 
 
Início