Pesquisar no Site

 
 
  ATENÇÃO!
Se você sofreu algum tipo de violência ou tem dúvidas a esclarecer a esse respeito,
entre em contato com o 180
- Central de Atendimento à Mulher - funciona 24 horas e a ligação é gratuita.
   




Notícias
Espírito Santo lidera ranking de mulheres assassinadas
Publicada em 06-07-2010
Da Redação Multimídia 

O Espírito Santo é o Estado onde mais se registra assassinatos contra a mulher em todo o país. O dado se refere a um estudo chamado “Mapa da Violência no Brasil 2010”, do Instituto Zangari, feito com base no banco de dados do Sistema Único de Saúde (Datasus). Os índices apontam 10,3 homicídios por cada 100 mil habitantes entre 1997 e 2007, segundo informações do jornal O Estado de São Paulo.

Os resultados são um apêndice, ainda inédito, do estudo. Para se ter uma ideia da disparidade, o Maranhão apresenta apenas 1,9 crimes por 100 mil.

Em apenas 50 municípios, os índices são maiores que 10 por 100 mil habitantes e mais da metade das cidades brasileiras não registrou uma única mulher assassinada em cinco anos.

Para piorar, o Espírito Santo ainda possui três cidades no triste ranking das 10 que mais registram crimes contra pessoas do sexo feminino em todo o país: Serra (4º), Jaguaré (5º) e Viana (8º). Apenas em 2007, o município da Serra apresentou 18,6 mortes a cada 100 mil habitantes, ocupando a 2ª posição no ranking do ano. Se fosse um país, a cidade teria a triste liderança internacional na área. 

No Brasil 
Em dez anos, dez mulheres foram assassinadas por dia no Brasil. Entre 1997 e 2007, 41.532 mulheres morreram vítimas de homicídio - índice de 4,2 assassinadas por 100 mil habitantes. Elas morrem em número e proporção bem mais baixos do que os homens (92% das vítimas), mas o nível de assassinato feminino, no Brasil, fica acima do padrão internacional. 

Os números também mostram que as taxas de assassinatos femininos no país são mais altas do que as da maioria dos países europeus, cujos índices não ultrapassam 0,5 caso por 100 mil habitantes, mas ficam abaixo de nações que lideram a lista, como El Salvador (12,7), Rússia (9,4) e Colômbia (7,8). (com colaboração de Frederico Goulart) 

Governo diz que Estado segue a média nacional 
Ao comentar os números da pesquisa, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) limitou-se a dizer que o Espírito Santo segue a média de homicídios referentes a homens e mulheres apresentada pelo país. Segundo a Sesp, no Brasil, 90% dos assassinatos são cometidos contra os homens enquanto 10% envolvem mulheres, e o Espírito Santo segue esse mesmo padrão. 

Sobre os números por 100 mil habitantes, a secretaria informou que não poderia comentar os dados por falta de elementos suficientes para realizar uma análise aprofundada sobre o assunto. A pesquisa “Mapa da Violência no Brasil 2010”, do Instituto Zangari indicam que, no período entre 1997 e 2007, foram registrados 10,3 assassinatos de mulheres enquanto a média nacional era de 4,2. O estudo aponta que, no país, 92% das vítimas são homens.

Campeãs em mortes 
Mortes registradas a cada 100 mil habitantes
1º Alto Alegre (RR) - 22,0
2º Silva Jardim (RJ) - 18,8
3º Tailândia (PA) - 17,8
4º Serra (ES) - 17,4
5º Jaguaré (ES) - 15,3
6º Montemor (SP) - 15,2
7º Macaé (RJ) - 15,2
8º Viana (ES) - 15,0
9º Amambai (MS) - 15,0
10º Rio Branco do Sul (PA) - 14,9 


Retirado do Gazeta Online
Fonte: Jornal A Gazeta
 
 
 
Início