OBSERVE - Observatório Lei Maria da Penha




Ampliando conhecimentos

Artigos | Opiniões | Metodologias | Bibliografia | Documentos

TAVARES, Márcia Santana; SARDENBERG, Cecília M. B.; GOMES, Márcia Queiroz de C. Feminismo, Estado e Políticas de Enfrentamento à Violência contra mulheres: monitorando a Lei Maria da Penha. In: Labrys Estudos Feministas. Florianópolis: UFSC, jun./dez. 2011. 

https://www.labrys.net.br/labrys20/brasil/leiMP.htm



BRANDÃO, Elaine Reis. Renunciantes de direitos? A problemática do enfrentamento público da violência contra a mulher: o caso da delegacia da mulher. Physis, Rio de Janeiro, v. 16, n. 2, 2006. Acesso em 22 jul. 2010.

http://www.scielo.br/pdf/physis/v16n2/v16n2a05.pdf


Sardenberg, Cecilia M. B. A violência simbólica de gênero e a lei “antibaixaria” na Bahia. Uma primeira versão deste ensaio foi apresentada como contribuição aos debates sobre o Projeto de Lei No. 19.137/2011, na Comissão da Mulher da Assembléia Legislativa da Bahia, em 24/08/2011. OBSERVE- Observatório de Monitoramento da Lei Maria da Penha. NEIM/UFBA. 

http://www.observe.ufba.br/debate


Pasinato, Wânia E, Macdowell Cecília. "Violência contra as mulheres e violência de gênero. Notas sobre Estudos Feministas no Brasil." In Revista Estudios Interdisciplinários de America Latina y El Caribe. Israel: Universidade de Tel Aviv, VOL.16 – Nº 1, 2005, PAG.147-164).

https://pdfs.semanticscholar.org/fd4e/772fe229a00621678aec7df6655ac9bbc1cf.pdf


Pasinato, Wânia. "Oito anos de Lei Maria da Penha: Entre avanços , obstáculos e desafios. In: Estudos Feministas, Florianópolis, 23(2): 533-545, maio-agosto/2015

https://periodicos.ufsc.br/index.php/ref/article/download/38874/29353


BANDEIRA, Lourdes, Três décadas de resistência feminista contra o sexismo e a violência feminina no Brasil: 1976 a 2006. In: Sociedade e Estado, Brasília, v. 24, n. 2, p. 401-438, maio/ago. 2009.

http://www.scielo.br/pdf/se/v24n2/04.pdf


PASINATO, Wânia. Lei Maria da Penha Novas abordagens sobre velhas propostas. Onde avançamos? The Maria da Penha Law New approaches on old propositions. Where did we move on?. In: Civitas, Porto Alegre, v. 10, n. 2, p. 216-232, maio-ago. 2010.

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/civitas/article/view/6484/5603


PASINATO, Wânia; SANTOS, Cecília MacDowell. Mapeamento das Delegacias da Mulher no Brasil. Núcleo de Estudos de Gênero Pagu. Campinas: PAGU/UNICAMP, 2008.
http://www.observe.ufba.br/_ARQ/bibliografia/MAPEO_Brasil[1].pdf



WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da Violência 2014. Homicídios por aramas de fogo. Brasília. Flacso Brasil, 2014.

http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2014/Mapa2014_JovensBrasil.pdf



WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da Violência 2015. Homicídios por aramas de fogo. Brasília. Flacso Brasil, 2015.

http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2015/MapaViolencia_2015_mulheres.pdf



WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da Violência 2016. Homicídios por aramas de fogo. Brasília. Flacso Brasil, 2016.

http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2016/Mapa2016_armas_web.pdf


FACCHINI, Regina; FERREIRA, Carolina Branco. Feminismos e violência de gênero no Brasil: apontamentos para o debate. In: 

http://cienciaecultura.bvs.br/pdf/cic/v68n3/v68n3a02.pdf



Percepção da sociedade sobre violência e assassinatos de mulheres 

http://agenciapatriciagalvao.org.br/wp-content/uploads/2013/08/livro_pesquisa_violencia.pdf


RAFAEL, Ricardo de Mattos Russo; MOURALL, Anna Tereza Miranda Soares de. Considerações éticas sobre pesquisas com mulheres em situação de violência. In: Rev Bras Enferm, Brasília 2013 mar-abr; 66(2): 287-90.

https://pdfs.semanticscholar.org/e3d7/f4a8b369b50d0ad7f9ab214e0629d5fb424b.pdf










www.observe.ufba.br - observe@ufba.br